Inovação e tecnologia na busca pelo desenvolvimento empresarial

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×
53 Inovação e tecnologia na busca pelo desenvolvimento empresarial
Sua empresa está preparada para vender para os consumidores 4.0 e usar a inteligência artificial como aliada?

Há 100 anos atrás a humanidade dobrava o seu conhecimento e suas tecnologias a cada 20 anos. Hoje isso acontece a cada 13 meses, dessa forma percebemos que esse tempo tende e diminuir cada vez mais, e com esse rápido avanço precisamos estar antenados e preparados para se adaptar a essas transformações. A constante evolução está presente em todos as áreas, mas hoje quero falar do consumidor, ou melhor, o Consumidor 4.0.

E quando falo isso, o que vem a sua cabeça? Quem é ele?

Conectividade é a primeira palavra que associo, mas não só isso, encontramos muitas definições e podemos identifica-los de diversas formas. Podemos começar citando o empoderamento presente em suas atitudes. Um consumidor empoderado é aquele que conhece, entende e acredita nas suas escolhas, ele é independente e superconectado as mudanças e inovações, consome conteúdo de qualidade e busca sempre aquilo que o beneficia de fato.

Revolução da conectividade

Mas como isso pode afetar os resultados de sua empresa?

Bom, vender para os consumidores 4.0 não é uma tarefa nada fácil. Você terá que convencê-lo que o seu produto é melhor. Além de manter-se atualizado às novas tecnologias e sempre disposto a realizar o novo. Além de que estabelecer um relacionamento humanizado com o novo consumidor é essencial para manter sua empresa com boas avaliações.

Se sua empresa já segue os conceitos citados acima, ótimo! Mas não para por aí, é necessário compreender que hoje o consumidor não é mais o conjunto, e sim alguém único, especial e que quer e merece ser tratado com um diferencial, e com isso entramos no conceito de engajamento. Engajar o seu consumidor é torna-lo fiel a sua empresa, convidando-o a participar das ações da organização. Fazer com que ele se sinta parte de algo maior, com um proposito positivo.

A Inteligência Artificial

Muitas empresas vêm fazendo isso, de forma direta ou indiretamente. Elas conhecem o consumidor, sabem o que ele gosta e o que ele quer. Através de pesquisas, estudo de personas, mapa da empatia e referências ou até mesmo os dados de compras e históricos, elas encontram a melhor forma para aborda-lo e assim encanta-lo com seu produto.

Isso está associado a Inteligência Artificial, ela possibilita que as máquinas aprendam com experiências e através de algoritmos executem tarefas como seres humanos. A IA é um campo de pesquisa da ciência da computação, que está em constante evolução para se tornar cada vez mais inteligente.

No estudo avançado de dados e símbolos que constroem mecanismos, a combinação de dados com processamento traz melhores resultados e possibilita assim a capacidade de pensar como o ser humano. Estudos apontam que a Inteligência Artificial tem tomado cada vez mais espaço. E a possibilidade de superar as atividades humanas é de fato uma realidade.

Assim, podemos dizer que a IA pode tanto apoiar em questões de venda, de aproximação com o cliente, como na redução de custos, e na realização de atividades que possam ser executadas através de dispositivos. Mas, é importante lembrar que a IA é uma aliada do ser humano. Já que a empatia, ética e emoção são de fato essenciais na venda de produtos.

A Inteligência Artificial aliada ao Varejo

A ampliação das informações e automação dos processos é algo que já vem acontecendo no Varejo Brasileiro, que está se adaptando de forma revolucionária aos novos quesitos adotados diante de tanta informação. A IA apareceu no mundo varejista e vem trazendo bons resultados para os empresários que resolveram usar dessa tecnologia. Ela proporciona gestão de informações, centralizando tudo em um único sistema, o que facilita a procura de determinados dados. Também busca as melhores funcionalidades para as lojas virtuais, deixando o processo mais pessoal, com recomendações personalizadas.

Como o varejo está sendo revolucionado pela Inteligência Artificial

Como os aplicativos para busca de produtos, o cliente seleciona através de fotos o que quer e o site encontra o mesmo produto. Já a análise de avaliações sobre sua empresa, boas ou ruins, principalmente através das redes sociais, identifica os pontos de mudança que devem ser aplicados.

Como um ERP pode apoiar no sucesso de sua empresa

Diante disso entramos no conceito de otimização das operações, e automaticamente o ganho no tempo. Uma outra forma que você pode optar para realizar isso é através do uso de um ERP.

“Excel Resource Planning” (ERP) – O varejo precisa mais que planilhas

O software é um sistema de informação que integra todos os dados e processos de uma organização em um só sistema. Dentro de uma corporação o monitoramento dos dados deve ser feito em tempo real e as informações precisam ser assertivas. Mas isso nem sempre é algo efetivo, pois uma empresa que possui tantas informações, as quais entram a todo momento, não tem o controle real e com precisão. O que o ERP proporciona é justamente esse controle adequado.

Primeiro, é necessário identificar quais os principais problemas encontrados na hora dessa análise. E só então identificar o melhor software para fazer a conciliação das informações. Lembrando que além de automatizar, o ERP irá trazer diversos outros benefícios, como a integração e a economia de tempo.

5 sinais que mostram o momento certo para investir em um ERP

Sendo assim, para manter o sucesso de seu negócio é essencial identificar quais são os desafios do consumidor 4.0 e aprender a interagir com eles, como a inteligência artificial pode apoiar na hora da venda e ainda em como um ERP pode manter o controle de todos os seus dados empresariais. Assim você estará economizando tempo e abrindo novas oportunidades para ampliar suas vendas.

Conheça o ERP Nérus para o Varejo, e veja como ele pode ajudar a aumentar o sucesso de sua empresa.

A NDD possui diversos softwares e soluções que se adequam a qualquer ERP. Conheça as soluções e veja como a NDD pode ajudar na melhoria dos processos.

Texto escrito por Gabriela Bornhausen Branco, Assessora de Imprensa da NDD