11 estratégias de precificação no varejo: como acertar em cheio nos preços dos seus produtos?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Precificação no varejo como acertar em cheio nos preços dos seus produtos 11 estratégias de precificação no varejo: como acertar em cheio nos preços dos seus produtos?

Um dos grandes desafios dos empreendedores que trabalham com varejo é estabelecer os preços corretos.

Afinal, eles precisam trazer o lucro necessário e, ao mesmo tempo, ser competitivos em relação à concorrência.

Portanto, a estratégia de precificação no varejo é uma questão delicada. Ela precisa ser pensada com calma, pois o sucesso do seu negócio depende dela.

E não basta apenas determinar os preços. É preciso acompanhar como o mercado absorve essa decisão de acordo com a evolução das vendas.

Existem algumas técnicas básicas para a precificação no varejo. Para ajudá-lo nessa importante tarefa, selecionamos algumas dicas que aumentarão suas vendas e seus lucros.

Leia também: Maximize o seu lucro no varejo com uma boa gestão de preços

11 estratégias de precificação no varejo

Vender produtos no varejo exige uma percepção delicada do valor percebido pelo cliente. Com ela, será possível definir o preço no varejo que garantirá maior lucratividade.

Veja 11 dicas de como fazer isso:

1- Conheça seu público-alvo profundamente

A decisão de compra passa pela necessidade do produto ou serviço, disponibilidade financeira do comprador e também pela ideia de custo-benefício.

O consumidor precisa ter a confiança de que está realizando um bom negócio e de que não está sendo explorado. Por isso, conhecer bem seu público-alvo é um primeiro passo a ser tomado.

Entenda o poder de compra dele e o que ele considera um preço justo.

2- Considere os custos com bastante cuidado

O primeiro fator a ser considerado é o custo do produto, ou seja, por quanto ele é adquirido. No caso dos serviços, é preciso medir o valor dos insumos utilizados.

Associe a esse montante os custos fixos de sua empresa, como os funcionários e outros gastos administrativos (contabilidade, limpeza, material de escritório, etc).

Em seguida, some os custos variáveis, ou seja, tudo que variar de acordo com o volume de vendas, como, por exemplo, comissões de vendas e impostos.

Lembre-se de que os impostos precisam ser corretamente calculados para que você não tenha surpresas desagradáveis. Confira essa questão com seu contador.

3- Calcule o lucro de forma adequada

Depois de calculados todos os custos, adicione ao preço o lucro que pretende ter.

Nesse ponto é necessário considerar diversas estratégias de acordo com o momento da sua empresa e os objetivos de venda. Aqui você poderá decidir por uma estratégia de descontos ou por uma estratégia de preços baixos todos os dias.

São essas as estratégias mais utilizadas no país, mas o importante é saber que a estratégia irá definir o seu preço de venda e não o contrário.

4- Pesquise os preços de concorrentes

Depois de determinar o preço no varejo, compare com o valor que está sendo praticado no mercado e avalie o nível de competitividade do seu produto.

Isto deve ser feito antes da compra do produto, é neste exato momento que você ainda pode mudar a sua decisão de compra ou apertar o fornecedor obtendo mais vantagens.

Mas lembre-se: nem sempre devemos precificar nosso produto pelo menor valor de mercado. Se seu público, por exemplo, estiver disposto a pagar por um produto ou serviço exclusivo, manter o preço um pouco acima pode criar a imagem de qualidade e exclusividade.

Caso o valor seja extremamente importante para seu cliente, tente deixá-lo abaixo do mercado, mantendo a qualidade mínima necessária.

5- Fique atento às mudanças econômicos e de mercado

A estratégia de precificação no varejo requer revisões constantes.

Dependendo do momento econômico ou das necessidades da sua empresa, mude os preços dos produtos, mas nunca deixe sua margem de lucro negativa.

Isso pode lhe trazer grandes prejuízos. Saber o que os consumidores buscam e o que pensam dos seus preços é muito importante.

6- Faça a precificação no varejo levando em consideração o resultado de todo o seu mix de vendas

Em alguns casos você pode diminuir consideravelmente o preço, e em outros não. Para isso, faça associações de critérios adequados para o seu comércio: foco nos mais consumidos, na frequência de compra dos produtos, no tempo de prateleira, no valor agregado.

O importante é fazer uma estratégia de precificação no varejo item a item e sempre avaliar o retorno de margem de contribuição do item em relação às vendas totais.

7- O responsável por compras deve responder também pelo preço no varejo

Portanto, antes de comprar, verifique o preço dos seus concorrentes. Faça uma boa pesquisa. Veja se a margem do mercado atende às suas necessidades e tenha certeza que está fazendo um bom negócio. Compra mal feita é prejuízo certo.

8- Atenção com as remarcações de preços

Geralmente quando remarcamos é porque erramos no preço.

Considere remarcar poucos produtos por vez, sem criar fortes impactos para o mix com um todo. Lembre-se saldões e liquidações é a forma mais rápida de destruir margens.

9- Pesquisas tem mostrado que alguns produtos vendem mais unidade com um preço maior

Portanto, o preço certo é aquele que não assusta o consumidor e nem aquele que o faz desconfiar da qualidade.

10- Elabore perguntas para conhecer a real necessidade dos seus clientes.

Se sua empresa realmente fizer a conexão entre a necessidade dos clientes e o que está oferecendo, descontos não são necessários.

11- Comunique bem o seu preço.

Esta comunicação não se limita apenas a publicidade. O ideal é começar de forma clara com a equipe interna, dos atendentes aos vendedores e gerentes.

Ter o posicionamento claro é um passo importante para ancorar a sua estratégia de preços.

Quer mais algumas dicas de estratégia de precificação no varejo? Então, assista a este vídeo do Ecommerce na Prática:

Utilizar um sistema de gestão empresarial pode ser uma ótima pedida para a construção eficiente da formação do preço de venda de seus produtos.

Conheça o Nérus e saiba como podemos ajudá-lo a organizar e otimizar a sua empresa.

O sucesso de vendas da sua empresa depende de uma política de preços cuidadosamente pensada e adequada à realidade e ao perfil do público. Fique atento a essas dicas e seus lucros aumentarão.

E então, já adotou a precificação no seu negócio? Acompanhe nosso Blog e conheça mais sobre a gestão de preços com dicas valiosas que te ajudarão na hora de precificar os seus produtos. Não se esqueça de deixar seu comentário. Queremos conhecer suas ideias e sugestões!

Saiba mais: Como a gestão de preços pode ajudar a maximizar lucros?

Nérus é um ERP especialmente desenvolvido pra o varejo. Por isso, fornece todas as informações que você realmente precisa, em tempo real. Assim, fica bem mais fácil definir sua estratégia de precificação.

Clique AQUI e conheça o Nérus!