Como ter uma TI como parceiro estratégico?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Como ter uma TI como parceiro estratégico e1435080300120 1 Como ter uma TI como parceiro estratégico?

 

A era da informação, vinda após a era industrial, transformou totalmente os negócios, tornando indispensável o uso de tecnologias da informação para analisar e gerir o aumento do volume de dados, auxiliando na tomada de decisões. Empresas ou organizações que possuam processos, transações e outras tarefas que geram dados que influenciam diretamente em seu crescimento e não possuem uma TI para auxiliar, estão fadadas a se tornarem pouco competitivas e rentáveis no cenário atual.

Os benefícios e retorno de uma TI bem definida e alinhada com as necessidades da empresa vão do aumento da lucratividade ao aumento da qualidade dos produtos ou serviços. Quer saber como ter uma TI como parceiro estratégico? Então continue lendo!

Integração entre todos os setores da empresa

A Tecnologia da Informação veio para integrar todos os processos empresariais, gerir as informações decorrentes deles e apresentar soluções e estratégias para o crescimento da empresa. A tecnologia implementada deve cumprir de fato o seu papel de solucionar os problemas internos da organização e se anteceder ao aparecimento de novos.

Os responsáveis pela informática dentro da empresa precisam compreender claramente o negócio e a qual solução de TI os processos se destinam. Atualmente, sistemas de informação em empresas e organizações passam por todos os setores integrando e agilizando os processos. A análise dos dados gerados pela empresa e as propostas de inovações frente à transformação digital, devem ser traduzidos para uma linguagem acessível aos colaboradores de todos os setores, para facilitar e impulsionar a participação de todos, visando soluções de TI mais eficientes.

É comum que os empresários tenham pouco ou nenhum conhecimento sobre termos técnicos e como funciona por dentro a tecnologia adequada à sua empresa. Para contornar essa situação, os responsáveis área tecnológica, podem utilizar de diversas ferramentas que demonstram de forma mais “humana”, os benefícios da implementação de determinada tecnologia.

Economizando tempo e recursos

Criar e manter um setor interno de TI pode estar fora do orçamento de muitas empresas, principalmente em estágio inicial. A demanda para isso passa de mão de obra especializada até recursos físicos. Pode ser que investir na criação de um setor interno, retire investimentos que seriam essenciais para manter a empresa frente a recessões.

Uma alternativa para economizar investimentos e também poder dispor dos recursos e soluções em um período bem menor de tempo, é contratar uma companhia de TI como parceiro estratégico. A companhia já possuirá uma experiência de mercado favorável à identificação das necessidades do seu negócio, e soluções pré-desenvolvidas que podem ser adaptadas. Também contará com profissionais especializados em desenvolver, implementar e dar o devido suporte aos seus colaboradores.

Um bom exemplo de soluções pré-desenvolvidas que atende uma grande e variada quantidade de empresas, são os ERPs, Enterprise Resource Planning, sistemas que integram todos os dados, processos e setores de uma empresa. E esta solução pode ser completamente adaptada ao negócio, para atender todas as necessidades que o negócio exigir.

A TI pode e deve melhorar sempre os processos e estimular o crescimento, criando novas soluções para novas demandas de negócios. Para que a TI seja um parceiro estratégico da empresa, é necessário um diálogo constante entre os responsáveis pela tecnologia e os responsáveis pelos processos. Quanto mais próximo estiverem a TI e todos os demais setores da empresa, bem como seus clientes e potenciais clientes, melhores e mais bem aceitas serão as soluções desenvolvidas.

E você, que sugestão daria para aconselhar outros gestores a ter uma equipe de TI como parceira estratégica? Compartilhe através dos comentários!