Analista de TI: o que faz e qual sua importância no varejo?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Em qualquer segmento, o profissional de TI se tornou peça chave para o sucesso do negócio. A Tecnologia da Informação é hoje considerada o alicerce para um bom funcionamento de todo negócio.

Afinal, todo analista de TI, pelo que faz, auxilia em todas as áreas da empresa.

O setor de TI é primordial para o sucesso de qualquer empresa. Isto uma vez que, o ambiente organizacional incorpora cada vez mais a tecnologia e recursos digitais como fonte de estratégias de diferenciação, inovação e sobrevivência em um mercado altamente competitivo.

O profissional de TI e o que faz, tarzem uma visão inovadora de negócios. Por meio de um conjunto de atividades e recursos tecnológicos (tais como banco de dados, redes, hardwares e softwares), ele promove melhorias contínuas para a empresa e estratégias prósperas para facilitar processos, aumentar a produtividade e reduzir custos.

A TI se tornou, então, a área chave das descobertas de soluções com potencial para agregar vantagem competitiva.

É possível identificar a importância desses profissionais e o quanto contribuem para estrutura organizacional e crescimento de qualquer empresa. O analista de TI e o que faz permitem que a organização obtenha uma posição cada vez mais relevante e de destaque no mercado em relação a seus concorrentes, por meio da tecnologia.

Veja também em nosso blog: Inovação e tecnologia na busca pelo desenvolvimento empresarial

14 Analista de TI: o que faz e qual sua importância no varejo?

A importância do analista de TI e o que faz

Quando decidimos ter um blog no novo site da Nérus, nos perguntamos: vamos escrever para quem?

E então decidimos que essa nova área deveria ser dedicada ao Analista de TI das redes varejistas. Isso porque, para nós, o Analista de TI é um herói do varejo brasileiro.

É o analista de TI e o que ele faz que permitem implantar e manter de pé os sistemas que gerenciam as redes de lojas espalhadas pelo país. Os clientes não têm ideia da quantidade de coisas ou a importância do trabalho que ele realiza.

Os clientes não sabem que ao comprar na loja e receber a mercadoria em casa, uma máquina enorme rodou para isso acontecer, como acontece nos setores de móveis e material de construção.

Na verdade, sem o analista de TI e o que faz, nada disso seria possível:

  • A venda;
  • O controle e reposição de estoque;
  • O faturamento;
  • A emissão de notas;
  • Operações contábeis;
  • Compromissos fiscais;
  • Logística de materiais.

Enfim, tudo que é controlado por um sistema, ou um conjunto de sistemas.

E quem controla esses sistemas?

O Analista de TI, muitas vezes administrando uma combinação de softwares e bancos de dados que, devido à adaptações, apresentam instabilidade ou que não conseguem fazer tudo automaticamente em toda a cadeia de compra, venda, entrega, estoque, financeiro.

A pressão é grande. O sistema não pode cair – e se cair tem de voltar rápido, porque a venda não pode parar.

O Analista de TI faz muitas outras coisas. Ele é responsável pela infraestrutura de TI da rede.

Estamos falando aqui de servidores, frota de computadores, links digitais e muitos outros detalhes técnicos que ninguém vê, mas que formam a base para que tudo funcione.

Sem contar que ele ainda dá assistência técnica de helpdesk e atendimento ao cliente para todos os usuários, seja da central seja das lojas da rede.

O analista de TI vive atolado. Cuidando dos sistemas, da infraestrutura, do atendimento aos usuários.

Ele se sente um “bombeiro” apagando incêndios em todos os lugares. Nem sempre é fácil fazer tudo isso, porque de um lado há um trabalho muito cerebral, que é a programação. De outro, ele tem de decidir sobre questões técnicas de equipamento. E de outro, ainda, tem de lidar com as relações humanas entre pessoas estressadas porque não conseguem usar um computador ou um sistema.

E sabemos ainda uma outra coisa:

Aqueles que não conhecem a realidade do Analista de TI costumam menosprezar seus desafios.

Não é por maldade, mas por desconhecimento do mundo da Tecnologia de Informação. Mundo que está se tornando cada vez mais sofisticado e mais complexo.

Saiba mais: Tecnologia no varejo: a protagonista do seu negócio!

O Nérus é um sistema ERP de gestão de varejo completo. Tem tudo que você precisa porque foi desenvolvido por especialistas no varejo. Pessoas que vivenciam essa área no dia a dia. Além disso, tem um excelente custo benefício.

Conheça um case de sucesso: Como o Nérus ajudou a otimizar a operação das Lojas Móbile