Como você cuida da “artéria” do seu comércio?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Como você cuida da “artéria” do seu comércio Como você cuida da “artéria” do seu comércio?

 

Assim como uma artéria para o corpo humano, o estoque também tem uma função bem parecida para o varejo: carrega informações para todas as partes da empresa e interage com vários departamentos. E assim como o corpo humano, o seu funcionamento adequado é extremamente importante para a manutenção da vida da empresa. E como anda seu estoque?

Móveis que acompanham as tendências da estação do ano, lançamentos frequentes de calçados com diferentes opções de cores e tamanhos, celulares com opções de acesso a internet. Não passa um dia sequer sem que surja um novo produto ou que um antigo incorpore novos recursos tornando-se mais poderoso, prático ou fácil de usar.

Embora sejam todos uma alegria para o consumidor, esses milhões de novos produtos que surgem regularmente tornam a gestão do estoque muito arriscada e deliciada, uma vez que o espaço do varejista é limitado e as opções ilimitadas. Isto exige do comerciante uma eficaz gerência de estoque. Saber o que comprar e o que retirar de linha é vital para o sucesso de qualquer varejista.

A gestão de estoques é um conceito cada vez mais presente em praticamente todo o tipo de empresa. Se por um lado o excesso de estoques representa custos operacionais e custos de oportunidade de capital parado, por outro lado níveis baixos de estoque podem  gerar perdas de vendas devido à falta de produtos. Via de regra a operação de estoque é complexa, e somente com uma boa administração é possível encontrar o ponto adequado para a realidade do seu comércio.

E para atingir o estado da arte da gestão da cadeia de estoque, dois pontos são primordiais: a primeira, a expertise do gestor em relação às características únicas do seu comércio. Ou seja, o comportamento da empresa com o mercado, clientes e as oportunidades. O segundo, sua retaguarda tecnológica que administra as informações de todo os processos da loja.

A retaguarda tecnológica entra não somente para gerir o estoque, e sim para administrar todo o fluxo de informações e interligar todos os processos que geram informação para  a tomada de decisão. Uma compra mal realizada, uma informação do produto errada ou um recebimento de mercadoria sem acompanhamento do pedido, pode quebra toda a cadeia de informações. Em síntese, você nunca saberá exatamente onde está o seu dinheiro e muito menos como poderá multiplicá-lo.

Enfim, a gestão de estoque é uma artéria do seu comércio, portanto todos os setores sentirão reflexos caso algo de errado aconteça. Por isso cuide de forma impecável de todo o fluxo do produto, pois certamente, resultará em excelentes ganhos.