Veja como calcular giro de estoque e a importância desse indicador

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Todo estoque tem entradas e saídas de itens continuamente. Por isso, é preciso estar atento para que um determinado produto não fique com um estoque baixo demais, insuficiente para cobrir suas vendas até que uma nova encomenda seja entregue.

Mas quanto tempo leva para que seu estoque gire totalmente? Isto é: quanto tempo leva para que todos os itens de determinado produto saiam de seu estoque?

Se você não sabe como descobrir isso, precisa conhecer o conceito de giro de estoque!

Leia também: Fique de olho nestes indicadores de estoque e evite que sua loja fique sem produtos

Antes de aprender como calcular giro de estoque, confira este vídeo do SEBRAE com dicas sobre gestão de estoque:

O que é giro de estoque?

Conhecer esse indicador é bastante relevante para quem quer saber como planejar estoque.

Portanto, preste bastante atenção neste conceito e entenda definitivamente o que é giro de estoque:

Giro de estoque é um indicador que mostra a velocidade com  que os itens de seu estoque são renovados em um certo intervalo de tempo. Isto é: quantas vezes seu estoque foi reposto.

Conhecer esse número para os diversos itens de seu inventário é o primeiro passo a ser dado para descobrir como melhorar o giro de estoque.

Veja, a seguir, como calcular giro de estoque e administre melhor a logística de seu negócio.

Saiba mais: 5 passos rotineiros para um estoque preciso

Como calcular giro de estoque?

Como você viu, saber como calcular o giro de estoque é fundamental para avaliar seu desempenho e promover seu gerenciamento eficaz.

Esse é um dos mais importantes indicadores de gestão de estoque.

Ele pode ser calculado tanto em unidades de produtos como em valores monetários.

Assim, além de saber como anda a reposição do nível de seu inventário para abastecer seus pontos de vendas, você também pode saber quanto está girando de recursos financeiros em seu estoque.

Esse é um dado importante e pode disparar um sinal de alerta de que os custos de estoque estão muito altos. Assim, você também fica de olho na saúde financeira da sua empresa.

Vamos entender, afinal, como calcular giro de estoque?

Para começar, que tal conferir a fórmula do cálculo de giro de estoque?

Giro de estoque: qual é sua fórmula?

A fórmula do cálculo do giro de estoque é a seguinte:

giro de estoque = número total de unidades vendidas / volume médio de unidades em  estoque no período

Mas, como dissemos, há como calcular o giro de estoque em função dos valores monetários. Neste caso, a fórmula é esta:

giro de estoque = valor total de vendas / valor médio de estoque no período

Vamos ver alguns exemplos práticos de como fazer esses dois cálculo do giro de estoque?

Como calcular giro de estoque em unidades:

Imagine uma loja de móveis que trabalha com um estoque médio de determinado modelo de banquetas para bar igual a 90 unidades.

Essa loja vendeu 540 banquetas em um ano. Qual seu giro de estoque anual?

Substituindo os valores na fórmula, teremos:

 

  • giro de estoque = 540 / 90
  • giro de estoque =  6

 

Isto é: o estoque de banquetas dessa loja de móveis é renovado 6 vezes ao ano.

Como calcular giro de estoque em valores monetários:

Essa mesma loja de móveis vende uma variedade enorme de produtos.

Assim, calcular o giro de estoque total pode ser mais fácil usando os valores vendidos.

Além disso, você pode calcular o giro de estoque de categorias de produtos, como mesas, sofás, camas etc.

Dessa forma, é possível analisar suas práticas de gestão de estoque e descobrir quais categorias de produtos estão melhor gerenciadas ou que trazem menos custos de estocagem.

Mas é importante notar que para usar os preços no cálculo do giro de estoque, é preciso padronizar qual preço será usado: o de compra ou o de venda.

Assim, se você usar o valor de suas vendas pelo preço de venda ao consumidor final, terá que ajustar o valor de seu estoque para preços de venda também.

Dito isso, vamos a um exemplo de como calcular o giro de estoque dessa forma:

A mesma loja de móveis vendeu um total de 350 mil reais em camas de diversos tipos durante uma ano.

Seu estoque médio de camas, em preços de venda, é de 70 mil reais.

Qual seu giro de estoque calculado com base em valores monetários?

Substituindo na fórmula, teremos:

 

  • giro de estoque = 350 / 50
  • giro de estoque =  5

 

Saiba mais: Você sabe como evitar ruptura de estoque? Confira nossas dicas

Como interpretar o valor do giro de estoque

A primeira coisa que você deve notar é se o giro de estoque é superior a 1.

Porque, se for menor que 1, isso indica que o estoque médio foi super-avaliado e que ainda havia unidades em estoque ao final do período.

Sendo maior que 1, quanto maior for o giro de estoque, mais vantagens tem a empresa.

Isso significa que a mercadoria tem uma grande saída e que, mesmo assim, seu estoque está sempre abastecido. Além disso, a área de armazenagem é menor, trazendo menores custos. Afinal, se você tem um estoque médio de 20 unidades que gira 6 vezes ao ano, ele ocupará metade do espaço de um estoque de 40 unidades que gira 6 vezes. Concorda?

Agora que você já sabe como calcular giro de estoque, aplique esse conceito em seu varejo!

Veja mais: Tecnologia no varejo: a protagonista do seu negócio!

Você viu a importância de conhecer os números de seu negócio. Mas diga, como você faz seu controle de estoque e de outras setores da empresa? Usa planilhas, o famoso Excel Resource Planning?

Usar um ERP especialmente desenvolvido para a gestão do varejo vai integrar todas as áreas de sua empresa, permitindo um controle efetivo não só de estoques, mas também de vendas, financeiro, promoções, preços e muito mais.

Conheça o Nérus, o software mais indicado para os setores de varejo de Móveis e Eletroeletrônicos, Material de Construção, Moda e Calçados e Autopeças. Como foi desenvolvido por varejistas experientes, tem tudo que você precisa. Ligue agora para um de nossos consultores: (11) 3509-2010.

Já está mais do que na hora de promover a transformação digital em sua empresa. Baixe nosso e-book gratuito e saiba mais: 5 passos para promover a transformação digital em sua rede