Vai criar um E-Commerce? Preste atenção a estas 5 perguntas. 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Para começar um E-Commerce é preciso ficar atento a alguns pontos fundamentais. Nós separamos 5 para você.

Nos últimos anos o crescimento da tecnologia está mudando a dinâmica do comércio varejista como o conhecemos. Muitas empresas para enfrentar esse momento estão migrando do varejo físico para o varejo virtual. Esse movimento já é uma tendência, e você não pode ficar de fora.  Mas, será que apenas montar uma loja virtual é capaz de garantir o sucesso esperado pela sua empresa? O que precisa ser feito e pensado antes de realmente desenvolver um site e começar a comercializar os seus produtos online? Devo começar pelo E-Commerce ou Marketplace?

 

Essas são questões importantes que precisam ser respondidas antes de você iniciar o seu negócio on line. Afinal, quando você toma a decisão de montar uma loja virtual a sua marca aparecerá para milhares de pessoa. Lembre-se de um velho ditado que diz: A primeira impressão é a que fica. Desse modo, para que você cause uma boa impressão e conquiste clientes é fundamental responder cinco questões básicas antes de iniciar seu negócio. Abaixo, vamos listar alguns pontos para o E-Commerce. No próximo Blog, falaremos sobre o Marketplace. 

 

1) Por onde eu começo?

Essa é a primeira questão que você deverá se fazer e buscar respostas. É importante antes de tudo saber por onde começar para evitar custos desnecessários neste começo. Ainda mais quando não sabemos absolutamente nada sobre o assunto. Nesse sentido, é importante buscar parcerias sólidas para o desenvolvimento da sua loja virtual. Existe hoje em dia milhares de programadores freelancers que poderão ajudar no desenvolvimento do seu site.

 

Contudo, para se contratar um bom programador é necessário estar com o bolso preparado. Pois, a construção de uma loja virtual é razoavelmente cara, e certamente acabará demorando um certo tempo para te dar o retorno esperado. Todavia, você pode optar por desenvolver o seu site através de uma plataforma especializada. Em todas elas, você encontrará um design intuitivo e de fácil utilização. A plataforma te possibilita aprender como abrir uma loja virtual com baixo custo.

 

2) Qual o sistema de pagamento a ser adotado?

Essa também é uma questão bastante relevante. Afinal, é imprescindível que o sistema de pagamento seja seguro para os dois lados, tanto para quem está comprando quanto para quem está vendendo. Nos dias atuais existem inúmeras opções que você pode escolher para realizar os recebimentos da sua venda online. Uma das desvantagens desse sistema de pagamento é o percentual cobrado, que é razoavelmente alto, fazendo com que muitos empreendedores ainda prefiram a utilização do cartão de crédito convencional.

 

Existe também a possibilidade do recebimento através do boleto bancário. Mas, muitos clientes relutam em utilizar esse método de pagamento pela falta de segurança que o mesmo traz para eles. Portanto, tenha a consciência de que escolher o método de pagamento é vital para a saúde financeira do seu negócio, afinal ela pode determinar ou não a compra do produto pelo seu cliente. Sempre pense na segurança que você está oferecendo e os riscos que o cliente pode ter. 

 

3) Como calcular os custos do frete?

Essa é uma outra questão complexa, e dependendo do tipo de produto que será comercializado poderá inclusive inviabilizar a venda para regiões mais distantes da sua empresa. Nesse sentido, é importante pensar e repensar essa questão antes de aventurar-se no mundo digital. Isso poderá evitar perdas financeiras para o seu negócio, prejudicando a saúde monetária do mesmo.

 

Primeiro é importante levantar todas as possibilidades de modalidade de frete. Aérea, ferroviária, rodoviária, entre outras. Feito isso é fundamental realizar cotações e parcerias sólidas com as empresas de transporte. Nesse momento poderá existir empresas especializadas em uma região e empresas especializadas em outra região, seja do país ou até mesmo do mundo, podendo baratear o preço do frete e viabilizar a entrega em regiões distantes. Após realizar esse levantamento de forma minuciosa e criteriosa basta desenvolver as tabelas de preço para cada região do país, e posteriormente disponibilizar no seu site essa tabela, evitando mal-estar com os clientes.

 

4) Será permitido ao cliente classificar o seu produto?

Essa também é uma questão fundamental que você precisa levantar antes de montar a sua loja virtual. Afinal, o feedback do cliente é essencial para a realização de melhorias contínuas dentro do seu empreendimento. No entanto, se você ainda não está completamente preparado para o trabalho online, essa disponibilização poderá trazer algum tipo de mal-estar. Pois, caso seus produtos comecem a ter uma classificação muito baixa, os futuros potenciais clientes poderão migrar para o site do seu concorrente.

 

Desse modo é importante ponderar bastante antes de decidir sobre esse ponto em específico. Inclusive, levantando todos os pormenores que poderão ocorrer, e buscando a aplicação da qualidade máxima nos seus produtos. Caso você acredite estar preparado para ser classificado, então é uma excelente oportunidade para saber o que os seus clientes pensam do seu produto ou serviço. É mais uma razão para buscar uma plataforma séria que possa ajudá-lo nessa questão.

 

5) Como usar fotografias e criar o layout do seu negócio?

Essa é mais uma importante questão que deverá ser levantada antes de subir os tijolos da sua loja virtual. Como já dissemos anteriormente, a primeira impressão é a que fica, e o layout é o principal responsável pela impressão que o cliente terá do seu e-commerce. Primeiramente, antes de colocar as fotos dos produtos que você vende é necessário fazer uma classificação deles. Avaliar se podem ser divididos por setores ou segmentos, e posteriormente organizá-los.

 

Organizando os produtos, as fotos precisarão chamar a atenção do cliente. E para isso é importante que sejam tiradas de maneira profissional. Se possível, recorra a um profissional da área. E, para finalizar você precisará definir o layout do seu e-commerce, pensando sempre na navegabilidade do seu site. É importante não deixá-lo carregado, pois acabará levando o cliente a desistir da compra. Contudo, um design que converse com o seu produto é importante para atrair o cliente para compra. 

 

Agora que você já sabe as questões que precisa responder antes de iniciar a sua loja virtual, poderá começar o desenvolvimento da mesma, com mais segurança e qualidade. Mãos à obra!

 

No próximo Blog, iremos abordar o que é o Marketplace.

Fonte: http://www.portaldailha.com.br

 

Leia também: Varejistas, não caia em ações judiciais: 7 pontos da Lei sobre E-Commerce

Leia também: O novo consumidor e o seu impacto na transformação digital do varejo