Como os brasileiros utilizam dispositivos eletrônicos para comprar?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Como os brasileiros utilizam dispositivos eletrônicos para comprar Como os brasileiros utilizam dispositivos eletrônicos para comprar?

 

Como a sua empresa pode oferecer a melhor experiência para o consumidor de hoje em dia? Esse questionamento precisa ser feito por qualquer gestor de comércio que não queira ser ultrapassado pela concorrência ou ver os seus índices de vendas mensais caírem brutalmente — tudo pela negligência às novas formas como os brasileiros encaram o ato da compra.

O número de pessoas que usam internet no celular no Brasil cresceu muito nos últimos anos. Sendo a maior parte dos usuários provenientes das classes B e C.

Mas como essas informações podem te ajudar a conhecer o novo comportamento do consumidor nacional? Continue lendo esse artigo e descubra!

Brasileiros têm mais dispositivos além do computador

A primeira realidade a se encarar aqui é a de que o usuário que compra online está munido de mais equipamentos eletrônicos que há uma ou duas décadas atrás. O brasileiro está inserido em uma cultura onde tem à mão diversas plataformas e tecnologias.

Quase metade dos usuários de internet no país utilizam mais um dispositivo, como celular ou tablet, além do computador, de acordo com informações da empresa global de análise de internet, comScore. Esses indivíduos são expostos a 23% a mais de conteúdo em relação aos que só usam o PC. Ou seja, queira você ou não, a sua loja, física ou e-commerce está, de alguma forma, sendo afetada pelo uso dos smartphones e tablets.

O Smartphone está cada vez mais presente na vida dos brasileiros

Mesmo com tantos dispositivos diferentes com acesso à internet, o smartphone parece ter um papel diferenciado na vida das pessoas. Ainda de acordo com a comScore, 37% dos internautas brasileiros com smartphone passam 14 horas semanais (ou mais) usando aplicativos e navegando pelo celular.

O recorrente uso pode ser explicado pela facilidade de acesso ao pequeno dispositivo — que sempre anda conosco — e ao papel de solucionador de problemas que um smartphone pode ter. A pesquisa anual da PwC, divulgada em 2015 revela dados incrivelmente relevantes sobre o uso desse dispositivo e da internet para o varejo no Brasil, confira:

78% dos consumidores entrevistados fazem web-rooming

Eles pesquisam e comparam preços, localizam lojas e verificam recomendações na internet antes de decidirem comprar ou se dirigirem a uma loja física. Ou seja, as lojas precisam se preocupar cada vez mais com o uso ferramentas como Buscapé, Google Shopping, Reclame Aqui e até com os principais resultados da pesquisa de um nome de produto feita na internet.

77% dos consumidores são influenciados pelas redes sociais

Além disso, 69% afirmam que pesquisam produtos nessas plataformas, o que leva a atenção para fatores como a reputação de um varejo nas redes sociais e as avaliações e recomendações de amigos nesses sites. Se são locais importantes para a decisão da compra, a empresa precisa estar muito mais do que presente: é preciso interagir com o público e construir uma imagem positiva para a marca.

Há uma nova “geração digital” de compradores

Os usuários de idade entre 18 e 24 anos são os que mais usam dispositivos para realizar compras. Dentre os entrevistados nessa faixa etária, 81% usam das redes sociais, sendo que 45% deles usam essas plataformas para seguir perfis de empresas. Ou seja, são usuários que estão mais aptos a desenvolverem o hábito de pesquisar antes de uma compra, e de realizá-la usando meios digitais, principalmente o smartphone.

O brasileiro quer controle sobre sua compra

É muito mais fácil para qualquer comprador solucionar uma dúvida sobre o preço de um produto ou ver a oferta do concorrente através da internet e dos smartphones. Com o aparelho em mãos e as informações tão facilmente acessíveis, é preciso que você, como gestor, pense em maneiras de atingi-lo positivamente. E é por isso que você precisa buscar integrar a tecnologia e os novos comportamentos do consumidor dentro de seus planos de gestão. Não se trata mais de uma opção: essa é uma necessidade para qualquer varejo que queira sobreviver em um mundo digitalizado e acessível ao toque da tela de um celular.

E agora, já sabe como aumentar suas vendas através da internet? Tem mais alguma dúvida sobre como brasileiros utilizam dispositivos eletrônicos para comprar? Escreva um comentário para a gente!