Como o varejo está sendo revolucionado pela Inteligência Artificial

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

40 Como o varejo está sendo revolucionado pela Inteligência Artificial

A inteligência artificial já desembarcou no mundo do varejo. Desde então essa não é mais uma grande novidade do mercado norte-americano ou europeu. Esse tipo de tecnologia já vem sendo aplicada em várias redes de lojas no Brasil. E você varejista não pode ficar fora dessa.

As informações de clientes que antes eram guardadas em cadernetas, foram agora migradas para plataformas digitais. Estas foram possibilitadas pela evolução da capacidade de processamento de dados e pelos aplicativos dos celulares.

Cada compra é registrada digitalmente onde ela acontece, as lojas são conectadas online. Os dados de todas as vendas sejam elas online ou offline são armazenados de forma instantânea em uma central. A partir das informações coletadas, a IA traça o perfil do consumidor e identifica os produtos mais propensos a compra. Tudo baseado em análises estatísticas e de maneira automática, sem a necessidade de intervenção humana.

Segundo reportagem publicada no site Computerworld, as recomendações feitas por meio de tecnologias de inteligência artificial (AI) vão responder por 35% de toda a receita das compras do período de final de ano nos EUA, número que corresponde a um aumento de 25% em relação à mesma época do ano passado. Este estudo foi realizado pela Salesforce, e aponta que os smartphones vão dominar o comércio eletrônico no período. Eles serão utilizados mais do que qualquer outro dispositivo para realizar pedidos em lojas virtuais. Além disso, a receita proveniente das compras deve crescer 13% em relação a 2017.

IA para revolucionar a sua gestão!

Confira outras previsões do mesmo estudo para o mercado norte americano:
  • Pela primeira vez no período:  compras realizadas por smartphones (46%) devem ultrapassar as feitas por computadores (44%) e tablets (9%).
  • As plataformas móveis serão responsáveis pelo número recorde de 68% do tráfego de comércio eletrônico neste período. Um crescimento de 19% ano a ano.
  • O tráfego em plataformas móveis vai atingir seu pico na véspera do Natal. Serão 72% dos acessos e 54% dos pedidos feitos pelo smartphone.
  • A entrega grátis é a grande tendência da temporada: 72% de todos os pedidos vão ser entregues sem custo, número pouco maior do que o observado em 2017.

Lembre-se que o Brasil sempre está uns 05(cinco) anos atrasado em relação ao que acontece com o mercado norte americano. Mas sempre caminha na mesma direção, portanto se sua loja ainda não embarcou na nova era da IA é bom se apressar. Saber o que seu cliente quer é fundamental para você ter sucesso.

Ainda está em tempo de responder ao alerta de Warren Buffett: “Em dez anos a indústria do varejo não se parecerá em nada com a de hoje. Agora, a loja de departamento é online”.